Direito de imagem: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/79/Polygala_senega_2.jpg

  Publicado em: 01/03/2021
  Alterado em: 26/07/2021
Vizualizações: 2908
Número de cadastro: 49

Deseja receber informações sobre plantas medicinais no seu email?


NOME BOTÂNICO:
Polygala senega L.
FAMÍLIA:
Polygalaceae.
NOME POPULAR:
Polígala.
DESCRIÇÃO BOTÂNICA:
Planta perene, cresce de forma densamente agrupada a partir de um rizoma nodoso. As folhas são simples, lobadas ou não, não separadas em folhetos. Arranjo das folhas alternado, uma folha por nó ao longo da haste, borda dentada. A flor tem simetria lateral e 5 pétalas, sépalas ou tépalas. Pétalas e sépalas são separadas e não fundidas. A pétala tem cor branca. O fruto tem comprimento de 3 a 3,5 mm, é seco e divide-se quando maduro.
FITOQUÍMICA:
Salicilato de metila, saponinas triterpênicas.
MARCADOR:
Saponinas triterpênicas.
ALEGAÇÕES:
Congestão respiratória, como expectorante.
PARTE UTILIZADA:
Raiz.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO:
Oral.
USO:
Adulto.
POSOLOGIA E FORMA DE USAR:
Infusão: 4,5g (1 ½ colher de sopa) em 150ml (xícara de chá). Utilizar 1 xícara de chá, 3 a 4 vezes ao dia.
FORMULAÇÕES CASEIRAS:
Informação não encontrada na literatura citada.
CONTRAINDICAÇÕES:
Informação não encontrada na literatura citada.
EFEITOS ADVERSOS:
Altas doses produzem efeito emetizante (provoca vômito) e diarréias, além de problemas gastrintestinais.
CURIOSIDADE E INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES:
Informação não encontrada na literatura citada.
REFERÊNCIAS:
BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução da Diretoria Colegiada n. 10, de 9 de março de 2010. Dispõe sobre a notificação de drogas vegetais junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Diário Oficial [da] União da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 10 mar. 2010d. Não paginado. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2021.
ÍNDICE TERAPÊUTICO FITOTERÁPICO. EPUB. 2008.

Compartilhe!